ABCF promove série de palestras sobre doenças negligenciadas

Série de palestras e live serão on-line e gratuitas; programação faz parte da mobilização do Dia Mundial das Doenças Tropicais Negligenciadas

De 26 a 29 de janeiro, a Associação Brasileira de Ciências Farmacêuticas (ABCF) fará uma série de eventos on-line sobre os avanços e desafios das pesquisas de fármacos para tratamento de doenças tropicais negligenciadas. O dia 30 de janeiro marca o Dia Mundial das Doenças Tropicais Negligenciadas com mobilização de entidades médicas e científicas de todo o mundo. A ABCF é parceira desta ação.

Nos dias 26, 27 e 28 acontecerão palestras exclusivas para associados ABCF, gratuitas e com certificado. No dia 29 o evento será aberto, com transmissão no Facebook e Youtube.

Elizabeth Igne Ferreira, professora titular do Departamento de Farmácia da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade de São Paulo (USP), coordena essa programação, que conta com a participação de pesquisadores de instituições de ensino superior e da indústria farmacêutica.

Programação
Exclusivo para associados – com certificado

26/01 11h

Jeanine Giarolla Vargas, farmacêutica pela PUC Campinas doutora em Fármaco e Medicamentos, FCF, USP; professora doutora da Faculdade de Ciências Farmacêuticas, USP; LAPEN – Laboratório de Planejamento e Síntese de Quimioterápicos Potencialmente Ativos em Doenças Negligenciadas, Departamento de Farmácia, FCF, USP
Pesquisa de fármacos para doença de Chagas, leishmaniose e esquistossomose
27/01 11hMarcos Antônio Ferreira Junior, farmacêutico pela Faculdade de Ciências Farmacêuticas, UNICAMP, Campinas; mestrando em Fármaco e Medicamentos, FCF, USP analista de pesquisa e desenvolvimento do Aché Laboratórios Farmacêutic Aché Laboratórios LAPEN, FCF, USP

Reposicionamento de fármacos para o tratamento da doença de Chagas e a aplicação de métodos computacionais como ferramentas para identificar moléculas ativas contra o Trypanosoma cruzi
28/01 11h

Lidia Moreira Lima, farmacêutica pela Faculdade de Farmácia, UFRJ, RJ; doutora em Química pela UFRJ; professora titular do Instituto de Ciências Biomédicas, UFRJ – LASSBio – Laboratório de Avaliação e Síntese de Substâncias Bioativas, ICB, UFRJ Superintendente Científica do INCt-INOFAR, Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Fármacos e Medicamentos, UFRJ
Desafios e oportunidades na busca por novos leishmanicidas

Live 29 de janeiro
Doenças negligenciadas: perspectivas para o tratamento
Evento para associados e não associados da ABCF

10h

Jadel Müller Kratz, farmacêutico pela Faculdade de Farmácia, UFSC, SC Doutorado em Farmácia, UFSC; Discovery Senior Manager do DNDi, Drugs for Neglected Diseases Initiative – Latin America  
Uma nova geração de tratamentos para leishmaniose
11hFrederico Silva Castelo Branco, farmacêutico pela Faculdade de Farmácia Estácio de Sá, RJ; doutor em Química, UFRJ; tecnologista em Pesquisa, FIOCRUZ, RJ
Química Medicinal para os mais vulneráveis: contribuições científicas na luta contra a tuberculose, malária e doença de Chagas
12h

Carine Drewes, farmacêutica pela Faculdade de Ciências Farmacêuticas, UFSM, RS; doutora em Toxicologia e Análises Toxicológicas, FCF, USP; responsável pelas áreas de Farmacologia e Toxicologia dos projetos de Drug Discovery, EUROFARMA, Desenvolvimento Pré-Clínico/Preclinical Development

Desenvolvimento de novos fármacos para o tratamento de leishmaniose – Desafios de uma empresa farmacêutica brasileira

Compartilhe esta notícia:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp